22/05/2012 - http://www.assembleiadedeusembrejo.webnode.com/

Campo de Missões na África do Sul

 

 Missionário - Ev. SHÓSTENES PEREIRA

 

A Paz do Senhor!!!

 

Muitos irmãos tem solicitado diversas informações sobre o Campo de Missões na África do Sul, no entanto, me reservarei a apresentar de forma resumida alguns desafios do trabalho onde estou engajado a cooperar junto ao nosso Coordenador Pr. João Marcos Fernandes, debaixo da orientação do nosso Pastor Presidente Ailton José Alves, servindo a IEADPE / CONADEPE.

 

Minha família e eu estamos servindo a IEADPE localizada em Kenilworth – Joanesburgo – África do Sul, conhecida também como Assembly of God Church of Kennedy Street. Esta igreja serve a comunidade inglesa deste bairro. Os nosso principais desafios são:

 


1.       DESAFIOS ESPIRITUAIS:


Com o fim do Appartheid (Regime político de segregação racial implantado na África do Sul) e a saída do governo branco, foi instalado no país um sistema democrático de ampla liberdade de expressão religiosa, em que os feiticeiros tem ganhado muita influência no governo, de forma que tramita um projeto no congresso para que a medicina tradicional (curandeirismo) possa ganhar espaço nos hospitais públicos e tornar-se medicina reconhecida pelo estado. Por isso vemos que:
a)      A prática da feitiçaria cada vez aumenta, sendo cada dia mais uma força que se opõe ao Evangelho.
b)      Imigrantes de outros países africanos vem a África do Sul e também trazem as suas crenças, práticas e deuses, ampliando cada vez mais o reino do mal.
c)       Entre a comunidade branca existe um grande crescimento da prática satanista.


2.       DESAFIOS DOUTRINÁRIOS:


O desvio doutrinário de muitas igrejas sulafricanas tem promovido um desafio muito grande para a propagação do genuino evangelho.
a)      No passado, muitas igrejas apoiaram o sistema de segragação racial, promovendo assim, ódio e revolta nos corações de muitos. Não são poucos rancorosos e revoltados com a Igreja. Há um número crescente de ateístas, como fruto da revolta e de não credibilidade num Deus que apoia o racismo.
b)      A teologia inclusiva e a Teologia da prosperidade são as mais aceitas no contexto cristão da África do Sul. Muitas igrejas não falam mais sobre salvação, perdão de pecado, transformação de vidas e a volta de Cristo.
c)       A maior igreja “cristã” da África do Sul é totalmente comprometida com estas práticas de fetiçaria.

3.       DESAFIOS CULTURAIS:
Na África do Sul existe 9 tribos de grande expressão, no entanto, existe representações étnicas de diversas partes do planeta. Na igreja que servimos ao SENHOR, por exemplo, contamos com crentes de diversas nações a saber: África do Sul, Zimbabwe, Malaué, Nigeria, Angola, Congo, Gana, Camarões, Suazelândia, Moçambique, Lesoto, Namibia, Costa do Marfim, Botsuana, República Democrática do Congo, e outros, porém ao identificarmos cada povo existente, percebemos que há mais de 40 povos distintos, e agregar todos estes povos em favor do evangelho é simplesmente maravilhoso, porém, muito desafiante, pois cada um tem uma forma de se expressar, de agir, de interagir, de se comunicar, de assimilar o evangelho, etc.
a)      Muitos vem a Joanesburgo para trabalhar ou estudar, quando este período termina, os mesmos voltam para o seu local de origem oo migram novamente para outra região.
b)      O processo de continuidade para o amadurecimento cristão é muito curto, pois o tempo que gastamos com os crentes que assimilam a visão do Reino de Deus proposto pela nossa Igreja é pequeno.
c)       Na África do Sul existe 11 idiomas oficiais, entretanto, todo o trabalho missionário na congregação de Kenilworth é desenvolvido em Inglês, pois esta é a única língua que converge todos estes povos.

 

Resultado do Trabalho Missionário na África do Sul


O nosso Pastor Presidente através da Convenção da Assembléia de Deus de Pernambuco, enviou a minha família e eu para África do Sul em Agosto de 2005. Neste ano de 2012 caminhamos para completar 7 anos de missão neste País, e mesmo plantando a boa semente, já podemos testemunhar de crescimento na Obra. Hoje já contamos com a seguinte realidade:

1.       Contamos com o trabalho de circulo de oração com um grupo de irmãs e irmãos ativos na oração.
2.       Contamos com o trabalho com os jovens com as reuniões para a mocidade semanal, tal como no Brasil.
3.       Da mesma forma acontece com o grupo de adolescentes.
4.       A escola Dominical que trabalha com o Dept. Infantil, é um trabalho crescente.
5.       O grupo de discipulado tem sido bastante expressivo e envolvente.
6.       Temos cultos para a família um domingo por mês e culto para casais um sábado por mês.
7.       O SENHOR tem levantado obreiros para cooperar neste trabalho; líderes, professores e outros.
8.       Sempre a Igreja está desenvolvendo trabalho de orações, de jejuns, vígilias e evangelismo.
9.       Atualmente estamos fazendo culto rodízio nas casas dos irmãos, como uma forma de solidificar a base da igreja e amadurecê-los, afim de que num futuro bem próximo possamos ter uma nova congregação deste trabalho que o SENHOR tem nos confiado.

Muitas das perguntas que tenho recebido, vejo os irmãos preocupados com números de crentes... mas prefiro focar no que o SENHOR tem feito:
a)      O SENHOR tem salvo dentre muitos, Hinduísta, Mulçumano, Budista, espíritas e outros.
b)      O SENHOR tem curado pessoas com AIDS, Diabetes, mudo e outros tipos de enfermidade.
c)       O SENHOR tem batizado em águas e com o Espírito Santo (temos visto muitas proezas da parte de Deus).
d)      O SENHOR tem libertado: não são poucos os cultos que o SENHOR  tem repreendido os demônios da vida de muitos.

Agradeço a Deus pela Igreja em Pernambuco e pela sabedoria do nosso Pastor Presidente que com amor tem cuidado dos missionários... Que os irmãos continuem promovendo o trabalho de evangelização mundial. Esperamos em Deus estar cooperando com o nosso SENHOR e com a nossa Igreja sob a supervisão do nosso Pastor atá a volta do nosso Salvador.

 

Continuem orando por nós para que o SENHOR nos ajude a servi-lo mais e mais neste lugar.

 

Atenciosamente Missionário Shóstenes Pereira e Família

Joanesburgo – África do Sul – Igreja Assembléia de Deus (comunidade inglesa)

 

 

ORIGEM: Missionário - Ev. SHÓSTENES PEREIRA